Entenda a fraude online no Brasil

O Brasil é um dos primeiros países no ranking global de fraude online, particularmente no ambiente de e-commerce. Um estudo realizado pela Konduto indicou que no primeiro trimestre de 2017, 18% da população do país teve alguma informação pessoal roubada online. Além disso, somente no ano passado o Brasil acumulou quase R$ 70 bilhões em perdas derivadas de fraude e golpes online. No que se refere a fraude online com cartão, o país somente fica atrás do México na escala global. Entenda as semelhanças entre ambos países e por que eles lideram o ranking, apesar de ficarem atrás de outros países em termos de volume de transações no e-commerce.

 

 

Por que o Brasil é um dos líderes em fraude online?

 

Apesar do Brasil ter um mercado bastante particular em termos de e-commerce e pagamentos online, também possui algumas semelhanças com o México, o país líder em fraude de cartão não presente. Fatores como elementos culturais, ambiente sócio-econômico e a evolução dos sistemas de pagamento nos dois países têm um papel importante neste cenário.

 

O Brasil e o México possuem as duas principais economias da América Latina, com o Brasil liderando este ranking. Igualmente, ambos países sofrem com uma grande desigualdade social. Por isso, é comum que as pessoas se tornem criativas para chegar ao fim do mês. Além disso, os dois países possuem altas taxas de criminalidade, o que se reflete diretamente no segmento de e-commerce.

 

No entanto, a principal razão que justifica as posições ocupadas pelo México e o Brasil no topo do ranking glogal de fraude online com cartão é a evolução dos seus sistemas de pagamento. Os cartões de crédito e débito do Brasil e do México são sempre emitidos com a tecnologia EMV. Graças à necessidade de inserir uma senha para completar a transação de pagamento, as chances de fraude física se reduzem drasticamente. Por isso, os fraudadores se moveram massivamente para o ambiente de e-commerce.

 

Existem diferentes tipos de fraude online e nós já explicamos algumas delas anteriormente: fraude de cartão não presente, fraude amiga, fraude efetiva e fraude dos testadores de cartão. Algumas são mais fáceis de identificar e prevenir que outras, no entanto, independentemente da indústria na qual opere, sonhar com um cenário sem fraudes não passa disso, somente um sonho.

 

Existem soluções no Mercado que oferecem a garantia de zero fraude ou o seguro contra chargeback. No entanto, como explicamos aqui, isto não é o ideal. Além de eliminar os riscos, esta opção também reduz as conversões. O caminho para um crescimento saudável e sustentável é entender o problema e saber como combate-lo.

 

A fraude online é inerente aos negócios online e os lojistas precisam assimilar o risco para saber como enfrentá-lo. Uma boa ferramenta de prevenção de fraude, adaptada ao mercado no qual desejam vender, como o PagShield da PagBrasil para o mercado brasileiro, é uma excelente forma de reduzir os riscos e não prejudicar as conversões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *