Retrospectiva 2021 nos métodos de pagamentos
Retrospectiva 2021 nos métodos de pagamentos

Retrospectiva 2021 nos métodos de pagamentos para e-commerce

Que 2021 passou na velocidade de um Pix, ninguém duvida! Aliás, este método de pagamento, que completou um ano em novembro, foi muito utilizado pelos brasileiros e ganhou seu espaço no e-commerce. 

Além do Pix, outros métodos se destacaram neste ano, incluindo os mais tradicionais, como o cartão de débito, em suas versões aprimoradas. 

Nós listamos algumas das principais novidades do setor em uma retrospectiva de 2021. 

 

Confira a retrospectiva 2021 nos métodos de pagamentos para e-commerce

O primeiro ano do Pix 

Lançado em novembro de 2020, o Pix veio para transformar as transações financeiras do país. Em seu primeiro ano, as atualizações do método proporcionaram ainda mais inclusão e agilidade para lojistas e consumidores – principalmente quando se trata de pagamentos digitais. 

Na PagBrasil, o método foi um sucesso entre os lojistas e plataformas que utilizaram o Pix por meio do PagBrasil Pix ou dentro de outros métodos, como no Boleto Flash®, com taxas de conversão que chegaram a impressionantes 77,15%, entre setembro e novembro deste ano. O número superou até mesmo as conversões por métodos tradicionais, como cartão de crédito, por exemplo. 

A PagBrasil foi o processador de pagamentos pioneiro a oferecer o Pix para Shopify em seu checkout transparente. No primeiro trimestre do ano, as conversões por Pix alcançaram 61,25% de efetividade. Já no último trimestre do ano (considerando até novembro), essas conversões chegaram a 77,49%, ficando atrás apenas do cartão de crédito. 

 

Leia também: Pix para Shopify: PagBrasil é a primeira a oferecer o novo método de pagamento 

VTEX, uma das maiores plataformas de e-commerce do mundo, também aderiu ao PagBrasil Pix. O plugin para a plataforma está mais aprimorado, permitindo vantagens exclusivas que ajudam lojistas a aumentarem suas taxas de conversão e retenção de clientes. A solução proporcionou à Editora Belas Letras – cliente da PagBrasil – uma taxa de conversão expressiva, de mais de 76%. 

Leia também: Ainda mais completo: conheça o novo plugin para VTEX da PagBrasil 

O Pix também entrou na linha de uma tendência em pagamentos: a recorrência. Soluções de gerenciamento de assinaturas permitem que lojistas aumentem suas vendas e conversões a partir de múltiplos planos e regras personalizáveis.  

Foi o caso da Black Tucano, que escolheu nossa solução exclusiva PagStream® para o gerenciamento de assinaturas, que permite fácil e rápida integração com a plataforma Shopify. O PagStream® é uma das únicas soluções de pagamento recorrente disponível para Shopify no Brasil. 

Leia também: PagStream® Gerenciamento de Assinaturas 

E tem novidades no método, previstas para 2022. De acordo com o Banco Central, estão agendados os lançamentos de novas funcionalidades como débito automático para pagamento recorrente, Pix Cobrança e mais. 

Leia também: Agenda Pix 2022: o que podemos esperar do método de pagamento? 

 

O tradicional boleto, mas muito melhor! 

Apesar do expressivo crescimento do Pix, o boleto continua sendo o segundo método mais utilizado e se manteve em constante estabilidade. De acordo com dados do Banco Central, até o final do mês de novembro deste ano foram mais de 360 milhões boletos emitidos no país.  

Veja abaixo a comparação mensal da quantidade de transações, por instrumento de pagamento:

Dados Banco Central

 

E o Pix foi parte importante para aprimorar essa solução tradicional. O Boleto Flash®, método exclusivo da PagBrasil, passou a oferecer a opção de pagar com Pix, o que permite a confirmação instantânea do pagamento, qualquer dia ou hora. 

Xsolla, líder global no comércio de videogames, registrou um salto em suas taxas de conversão, quando a PagBrasil lançou a opção “Pague com Pix” junto ao Boleto Flash®, no segundo semestre de 2021. Em agosto, suas taxas de conversão eram de 65 %, e subiram para 76% em dezembro.   

Conversões Xsolla após inclusão do Pix no Boleto Flash®

 

47% de Boleto Flash® pagos com Pix

 

Comparando as taxas de conversão entre o Boleto Flash® pago convencionalmente com o código de barras e os números de conversão quando o Boleto Flash® é pago usando Pix, a diferença apresentada no mês de dezembro é ainda mais expressiva – de quase 50% na forma convencional a 85% com Pix – um impressionante aumento de 70%! 

Xsolla: conversões de dezembro

 

Soluções para recuperação de carrinho 

Da mesma forma que a cada ano aumenta o número de consumidores no e-commerce, a exigência do público pela experiência perfeita também cresce. 

Conforme levantamento da consultoria de e-commerce e marketing digital Enext, 61% dos brasileiros que chegam ao checkout em alguma compra, acabam abandonando o carrinho. E os motivos para isso são muitos, mas evidencia a necessidade do lojista possuir recursos para recuperação de carrinho abandonados, incluindo métodos alternativos ao cartão de crédito. 

O link de pagamento é uma alternativa que vem se popularizando, principalmente com ferramentas de comunicação instantânea, como WhatsApp. 

Leia também: 10 passos para aumentar a taxa de conversão do seu e-commerce em 2022 

Payment Link, solução de link de pagamento da PagBrasil, foi criado para tornar tanto os pagamentos online como offline mais seguros e adequados aos padrões mais elevados de segurança no processamento de pagamento. Ele conta com a mais ampla gama de métodos de pagamentos, incluindo os exclusivos Boleto Flash®, Débito Flash, PagBrasil Pix e PEC Flash®, deixando a cargo do cliente selecionar a melhor forma de finalizar a compra. 

 

Débito ganha atualizações em busca de mais espaço 

Com a chegada do Pix, formas de pagamentos consolidadas passaram a dividir espaço na preferência dos consumidores. No entanto, segundo levantamento do Gráfico da Semana, da IMpulso, apresentado pelo portal Infomoney, 73% das pessoas ainda utilizam o cartão de débito para realizar seus pagamentos em estabelecimentos físicos. No e-commerce a realidade é um pouco distinta e o débito ainda não angaria muitos usuários assíduos.  

Entretanto, algumas novidades em 2021 permitiram que método ganhasse fôlego para entrar na competição com os gigantes online. É o caso do Débito Flash™, da PagBrasil, que permite aos usuários dos mais de 160 milhões de cartões de débito ativos do país realizarem pagamentos digitais de forma fácil e intuitiva, totalmente segura e sem redirecionamentos ou complexidades, inclusive em smartphones. Será que 2022 será o ano do cartão de débito no e-commerce? Estaremos atentos. 

 

Cartão de crédito ainda cresce no país 

Assim como ocorre com o cartão de débito e com o boleto, mesmo com a chegada do Pix, o cartão de crédito segue sendo o método favorito do consumidor brasileiro.  

No terceiro trimestre de 2021, principalmente por conta da Black Friday, as transações com cartão de crédito cresceram mais de 40%, segundo a Associação Brasileira de Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs). 

Leia também: A Black Friday 2021 acabou, e agora? Prepare-se para 2022! 

Além disso, mais pessoas passaram a comprar no e-commerce no último ano, como aponta a pesquisa realizada pelo Google – aumento de 61% nas vendas online no Brasil. 

Com mais compradores online, maior é a oferta de cartões de crédito vinda de bancos tradicionais, mas principalmente dos bancos digitais. Segundo pesquisa da Idwall, o número de contas digitais no Brasil deve passar de 200 milhões até o final deste ano – um mercado que ainda pode render muitos frutos se bem explorado. 

 

A WooCommerce é um exemplo de plataforma que priorizou a experiência dos usuários nas compras online. A PagBrasil desenvolveu um novo plugin, ainda mais moderno, que permite uma experiência de pagamento fluída e positiva para os consumidores brasileiros.  

A nova versão oferece uma ampla variedade de métodos de pagamento, incluindo cartão de crédito parcelado, Pix e soluções exclusivas como o Débito Flash™, Boleto Flash® e PEC Flash®.  

 

Sem dúvidas, 2021 foi o ano em que a economia voltou a crescer e este crescimento foi impulsionado pelo comércio online e pelo varejo. Marcas que se prepararam para vender online saíram na frente.  

Em um ano ainda sob os efeitos da pandemia, quando o e-commerce ganhou ainda mais notoriedade, quem diversificou os métodos de pagamentos oferecidos conquistou muito espaço no mercado.  

Saia na frente da concorrência também e veja suas conversões aumentarem em 2022. Entre em contato! 

 

 

Tamiris Souza

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esta página utiliza cookies para melhorar a experiência do usuário em nosso site. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com a coleta e uso das informações para garantir a melhor experiência de navegação. Para saber mais, leia a nossa Política de Privacidade.

Aceitar