Fadiga de Streaming
Fadiga de Streaming

“Fadiga de streaming”: como o mercado de assinaturas brasileiro contorna esse fenômeno

Com tantas opções de serviços de streaming, é natural que ocorra uma saturação no mercado de assinaturas. No entanto, neste artigo iremos explicar por que a chamada “fadiga de streaming” não deve ser uma preocupação para o mercado de assinaturas do Brasil.

 

Este artigo começa com uma pergunta para você, caro leitor: em algum momento, você já se sentiu sobrecarregado por conta da quantidade de serviços de streaming que você assina e, subitamente, decidiu cancelar todos (ou quase todos)?

Se a resposta foi “sim” para as duas perguntas, você provavelmente sofreu a chamada “fadiga de streaming”.

Este setor da economia da recorrência está apresentando sinais de declínio e taxas de evasão mais altas, com relação a outras formas de assinatura.

Ao menos, é o que mostra a consultoria Deloitte: de acordo com as projeções mundiais para 2022, a previsão é de que mais de 150 milhões de pessoas deverão cancelar alguma assinatura de streaming. E, além disso, a taxa de rotatividade entre plataformas deve girar em torno de 30%.

Embora isso possa ser uma preocupação para vários países e, também, para muitos nichos e modelos de negócios, acredita-se que o mercado de assinaturas irá aumentar no Brasil, indo na contramão mundial.

 

O jeitinho brasileiro – contra a corrente

Os dados sobre a recorrência no Brasil são realmente animadores, especialmente se for analisada como um modelo de negócio sustentável a longo prazo, com possibilidades de explorar personalização de produto, motor promocional e a consequente retenção de clientes.

A pandemia incentivou os consumidores brasileiros a migrarem das lojas físicas para as digitais. E isso resultou no nascimento de um mercado bilionário, com vendas online chegando na casa dos R$ 260 bilhões, conforme dados levantados pela gestora Canuma Capital e divulgados pela Infomoney.

Com o crescimento do e-commerce no país, os clubes de assinatura também ganharam espaço e ajudaram a construir um hábito de consumo no qual o consumidor paga de forma recorrente para receber produtos e serviços, de forma confortável e automática.

Leia mais: Meios de pagamento que serão tendência em 2022

 

Segundo a consultoria Betalabs, os clubes de assinatura no Brasil cresceram 19% em 2021. E, até 2023, 75% das empresas que atuam com vendas oferecerão serviços com recorrência – conforme previsão da consultoria Gartner.

São setores diferenciados, principalmente voltados a produtos e bens de consumo, que aproveitaram o bom momento da economia da recorrência para criar seus clubes de assinatura próprios.

 

Mercado de assinaturas além do streaming

As maiores e mais bem-sucedidas indústrias do país encontraram terreno fértil em modelos de pagamentos recorrentes. Além disso, os empreendedores digitais estão em alta no Brasil, bem como seus clubes de assinatura. Os setores que ganharam destaque são:

  • Alimentos e bebidas, como marcas de assinatura de cervejas premium, vinhos de alta qualidade e cafés especiais, principalmente;
  • Saúde e nutrição, como serviços de terapia online, assinatura de suplementos, vitaminas e demais compostos farmacêuticos;
  • Livros;
  • Maquiagem e produtos de beleza;
  • Pet;
  • SaaSSoftware as a Service;
  • Educação.

Leia mais: Clubes de assinatura ganham espaço no e-commerce nos segmentos de alimentos e bebidas

 

Um dos clubes de assinatura mais populares no Brasil é o de café. O brasileiro já demonstrou que ama a bebida e, por isso, diversas marcas estão proporcionando experiências únicas e personalizadas para seus clientes fiéis.

Entre as vantagens, os consumidores podem escolher o tipo de grão, a origem, a quantidade e a frequência que desejem receber seu produto.

E duas marcas, já consagradas no mercado nacional, levaram o amor do brasileiro por café a outro nível e o transformaram em uma forma única para que seus clientes possam tomar seu café favorito todas as manhãs: Coffee++ e Black Tucano.

 

Um caso de sucesso: Coffee++

A marca de cafés especiais Coffee++, que trabalha com os produtores de café da mais alta qualidade, decidiu reativar seu clube de assinatura e firmou parceria com a PagBrasil para oferecer aos seus clientes um serviço completo de recorrência, o PagStream®.

De acordo com o diretor de e-commerce da Coffee++, Tiago Alvisi, essa mudança fez parte da estratégia da empresa de escalar seus negócios para um nível ainda mais superior: fortalecer o relacionamento com seu cliente.

Para o diretor, a escolha do PagStream® também veio por meio da flexibilidade e possibilidade de realizar promoções (algo que todo brasileiro aprecia).

“Um dos principais pontos que nos fez escolher a PagBrasil foi a liberdade de oferecer promoções e descontos para aquisição”, conta Alvisi.

Leia mais: Por que a Coffee ++ escolheu o PagStream® para seu novo clube de assinatura

 

A escolha perfeita para a Black Tucano

Em busca de uma solução robusta e que pudesse oferecer uma maior variedade de métodos de pagamento, a Black Tucano,    e-commerce especializado em cafés exclusivos, também aderiu ao PagStream® em seu clube de assinatura.

Para Marcos Stockl, fundador da Black Tucano, a economia da recorrência é uma oportunidade para o segmento, e a solução da PagBrasil permitiu que a empresa agregasse ao negócio esse novo modelo de monetização.

“O que nos despertou interesse neste modelo de assinatura foi a possibilidade de contar com um sistema mais robusto e completo para que pudéssemos adotar junto aos nossos planos de assinatura no site”, explica Stockl.

Leia mais: 5 motivos que fizeram a Black Tucano escolher a PagBrasil para gestão de assinaturas

 

O PagStream® suporta qualquer estratégia de monetização e é perfeitamente adaptável para modelos de negócio que trabalham com pagamentos recorrentes. Independentemente do segmento de atuação, sua empresa pode se beneficiar de nossa solução de pagamento recorrente.

Se você deseja saber mais, entre em contato conosco!

Tamiris Souza

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esta página utiliza cookies para melhorar a experiência do usuário em nosso site. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com a coleta e uso das informações para garantir a melhor experiência de navegação. Para saber mais, leia a nossa Política de Privacidade.

Aceitar