29 Dezembro 2016

Brasil: 5º do mundo em número de smartphones

m-commerce brasil

A importância dos dispositivos móveis no comércio eletrônico brasileiro cresceu a um ritmo acelerado nos últimos anos. Tanto lojistas online como provedores de serviços de pagamento notam a necessidade de priorizar o m-commerce. Além de oferecer um site responsivo, é fundamental facilitar o processo de pagamento, para evitar experiências de compra frustrantes em dispositivos móveis. Além disso, métodos de pagamento alternativos, como o boleto bancário, não são responsivos. PagBrasil é o primeiro provedor de serviços de pagamento que oferece uma solução a este problema, criando uma versão responsiva do seu Boleto Flash™ e do Boleto Express. A iniciativa pioneira facilita o pagamento de boletos em aplicativos de online banking para smartphones e tablets, e resulta em um aumento significativo na conversão de vendas.

 

Em um mercado com mais de 76 milhões de usuários de smartphones, segundo dados da Nielsen IBOPE, é crucial tornar o m-commerce uma parte fundamental da estratégia de negócios para garantir o sucesso no comércio online. Dados recentes indicam que o celular já superou o computador como aparelho mais utilizado para acessar a Internet no Brasil. Há também uma clara tendência de que cada vez mais os consumidores preferem investir em smartphones mais potentes do que comprar computadores. Consequentemente, as compras via dispositivos móveis cresceram de 0,3% de todas as transações no e-commerce em 2011, para 23% em junho de 2016, segundo o último relatório E-Bit WebShoppers.

 

Apesar da relevância do m-commerce, a grande maioria das lojas online brasileiras ainda não estão adaptadas para o usuário de smartphones e tablets. De fato, somente 16% das lojas virtuais são responsivas, segundo a BigData Corp.

 

O Brasil é o 5º país em número de usuários de smartphones numa escala global, no entanto, continua bastante atrás de mercados consolidados, como Japão e Reino Unido. Nestes países, o m-commerce representa mais de 50% das transações do e-commerce. Considerando que o Brasil tem muitos mais usuários que ambos, o potencial do m-commerce brasileiro é enorme.

/ Escrito por Julia Hartmann - Seguir @hartmann_ju

Comments are closed here.