Resultados Black Friday 2019
Resultados Black Friday 2019

Os resultados da Black Friday 2019: Boleto Flash® cresce 106%

Depois de mais uma edição bem-sucedida da Black Friday no Brasil, podemos afirmar que o evento conquistou oficialmente o coração dos brasileiros, estabelecendo-se como a data mais importante do ano para o e-commerce. De acordo com dados do Ebit|Nielsen, a última sexta-feira de novembro superou as expectativas, com 23,6% de crescimento quando comparada à edição anterior.

Na PagBrasil, notamos um crescimento significativo. Reunimos algumas informações do nosso banco de dados que mostram não apenas o progresso dessa edição, mas também o comportamento do consumidor ao escolher o método de pagamento. Como as empresas no Brasil lançam ofertas antecipadas a partir de quinta-feira, e adiam seus descontos até domingo, nós coletamos informações nesse período.

 

A Black Friday na PagBrasil

A Black Friday na PagBrasil foi muito positiva, com resultados impressionantes para o Boleto Flash®, que apresentou crescimento fora da curva. Pagamentos com o cartão de crédito ainda são a preferência entre consumidores, mas perde força quando comparado com o a edição anterior. Além disso, apesar do costume do brasileiro de parcelar as compras, nossos dados mostram que esse não foi o caso para a Black Friday: 92.6% dos pagamentos foram realizados à vista.

 

Preferência por pagamento com o Boleto Flash® cresce

Pagamentos via Boleto Flash®, o único boleto com confirmação de pagamento em menos de uma hora, cresceram 106% quando comparado ao ano anterior. Ainda, o percentual de pagamentos com o boleto tradicional também cresceu de 28% para 39%, o que prova que os métodos de pagamento alternativos possuem um papel importante na preferência do consumidor brasileiro. Os pagamentos com cartões de crédito permaneceram na liderança, representando 49% das transações. No entanto, esse é um percentual menor quando comparado ao ano anterior, em que o cartão de crédito representou 62% no mesmo período.

Alternativas como o boleto tradicional e Boleto Flash®, que permitem o pagamento em dinheiro, ajudam a incluir a população desbancarizada no e-commerce. Afinal, o Brasil é lar de 45 milhões de adultos que não têm uma conta bancária, mas ainda são ativos econômica e digitalmente. E, com a confirmação de pagamento acelerada, as compras são liberadas rapidamente, chegando ao destino final muito antes do que se o consumidor optasse por efetuar o pagamento com o boleto bancário tradicional. Isso porque essa última opção de pagamento geralmente vence dentro de 2-15 dias úteis, e o pagamento é confirmado somente após 1-4 dias úteis. Além disso, o Boleto Flash® oferece um layout responsivo para dispositivos móveis, otimizando compras no m-commerce e aumentando as taxas de conversões das lojas virtuais.

 

Uma visão geral da Black Friday 2019 no Brasil

De acordo com o Ebit|Nielsen, o faturamento do varejo online alcançou R$ 3.2 bilhões entre a quinta e sexta-feira, com 5,33 milhões de pedidos – um quarto a mais do que a edição anterior. O ticket médio sofreu uma pequena queda: de R$ 608 a R$ 602. Além disso, a Social Miner mostrou que os últimos três dias do mês representaram 37.1% de todas as vendas de novembro. Durante esse período, o e-commerce registrou o seu maior pico entre as 2h e 4h da manhã de sexta-feira, e um novo pico a partir das 9h da manhã.

O fenômeno “Mobile First”

O uso de dispositivos mobile é significativamente elevado no Brasil: 92% de todos os lares possuem um smartphone. Dito isso, não é nenhuma surpresa que o m-commerce cumpriu um importante papel na Black Friday.

Os números deste ano foram impressionantes: 55% de todos os pedidos foram realizados com o smartphone, representando um crescimento de 103%. De acordo com o Ebit|Nielsen, o faturamento mobile chegou a R$ 1,7 bilhões, uma expansão de 95% quando comparado a 2018, que foi de R$ 830 milhões.

Esse fenômeno pode ser explicado por uma tendência que ganhou força este ano: oferecer descontos exclusivos em aplicativos. Uma pesquisa de intenção de compra para a Black Friday da Provokers, encomendada pelo Google, mostrou que 36% dos consumidores online pretendia realizar compras usando o aplicativo de algum varejista. Além disso, de acordo com a Deloitte, compras são a principal atividade ligada ao uso de dispositivos mobile no Brasil, incluindo ações como pesquisa de produtos e serviços e navegação em sites e aplicativos e-commerce.

Problemas com o checkout estão entre as principais reclamações de consumidores

Mesmo com todo o sucesso dessa edição, os consumidores ainda enfrentaram uma série de problemas com suas compras. O Reclame AQUI registrou 8,8 mil reclamações entre as 11h de quarta-feira e 23h59min de sexta-feira. A principal reclamação foi em relação a descontos menores que os anunciados, seguido de problemas com o checkout e divergência de preços. Confira abaixo o ranking das principais reclamações na Black Friday:

  • Propaganda enganosa (33.6%)
  • Problemas com o checkout (11.3%)
  • Divergência de preços (7.9%)
  • Problemas com a entrega em compras antecipadas (5.8%)
  • Reembolso do pagamento (4.8%)

É importante ressaltar que o relatório mostra os resultados de todas as vendas, não limitadas ao e-commerce ou ao varejo. As redes de fast-food, por exemplo, lideram o número de reclamações na Black Friday deste ano.

 

Prepare-se para a temporada de final de ano

Apesar da Black Friday ser o maior evento do ano para o comércio eletrônico, o Natal não fica muito atrás. Inclusive, 77% dos consumidores brasileiros pretendem comprar presentes este ano, e 41% disseram que farão suas compras online. Além disso, 86% vai comparar preços na internet.

Mesmo que muitos consumidores tenham antecipado a compra dos presentes durante a Black Friday, 54% dos lojistas e donos de negócios acreditam que o evento não interfere com o Natal. Isso porque os consumidores geralmente aproveitam os descontos da data para comprar produtos para si mesmo, enquanto no Natal o foco está em presentear amigos e familiares.

Seu e-commerce está preparado para a temporada de final de ano? Confira nosso artigo sobre as compras de Natal no Brasil e prepare a sua loja!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *