O verdadeiro goleiro do e-commerce: conheça a solução antifraude da Konduto

Se existe algo que podemos afirmar com convicção, é de que o e-commerce brasileiro é único. Além de métodos de pagamentos específicos, um grande volume de vendas por smartphones, e elevado crescimento anual, o próprio consumidor digital também age de formas bem características. Ele pesquisa muito pelas melhores ofertas online, é resistente ao frete e desiste facilmente de uma compra se ele não encontrar o seu método de pagamento preferido no checkout.

E se o consumidor tem suas características únicas, não poderíamos esperar algo diferente do fraudador brasileiro.

É por isso que a PagBrasil, que foca exclusivamente no processamento de pagamentos no Brasil, vê tanta importância em trabalhar com um parceiro de antifraude desenvolvido especialmente para as peculiaridades do mercado nacional. Fundada em 2014, a Konduto conta com tecnologia inovadora que analisa o comportamento do consumidor para combater fraudes.

 

“Oferecer uma solução antifraude desenvolvida para o mercado brasileiro e que une Inteligência Artificial com técnicas tradicionais de análise de risco é essencial para garantir a segurança das transações dos nossos clientes” – Ralf Germer, CEO e cofundador

 

Tom Canabarro, cofundador da Konduto, compartilhou conosco um pouco da história da empresa que, somente no ano passado, analisou cerca de 175 milhões de pedidos.

 

Como nasceu a Konduto

Um dos principais motores que impulsionam empreendimentos de sucesso é a busca por soluções que atendam um problema específico – e nesse caso, não foi diferente.

“A Konduto nasceu depois de um incômodo com um antifraude importado dos Estados Unidos que era usado na empresa em que eu estava. O sistema era inteiramente baseado em regras condicionais que determinavam se o pedido seria aprovado ou não e entregava resultados insatisfatórios. Conversei sobre estes problemas com o Milton Tavares Neto, engenheiro de computação e meu amigo de longa data, e começamos a trabalhar na criação de um sistema de análise de risco próprio que, ao nosso ver, fosse mais eficiente para o mercado”, lembrou Tom.

Após sete meses de desenvolvimento e outros quatro de testes, surgiu o primeiro antifraude que monitora o comportamento de navegação do usuário a partir do momento que ele acessa o site para realizar uma compra. Baseado em inteligência artificial, o sistema da Konduto consegue, por exemplo, apontar quanto tempo o visitante do site ficou nas páginas, se copiou ou digitou dados de cartão, se viu um ou mais produtos, dentre outras ações que ajudam a indicar se o pedido é fraudulento.

O machine learning da Konduto também usa técnicas tradicionais de verificação, como validação de dados cadastrais e geolocalização. Ao todo, o sistema analisa em menos de um segundo mais de 2 mil variáveis para calcular o risco de determinada transação.

 

“Revisar um pedido baseado apenas em nome, CPF e endereço de e-mail não é suficiente há muito tempo” – Tom Canabarro, co-fundador da Konduto

 

Entregando a solução para o mercado

Se o assunto “fraude” já é delicado por si só, imagine confiar a gestão de risco do negócio à uma empresa recém-lançada no mercado. Esse foi o primeiro grande desfio da Konduto: conquistar confiança.

 

“Oferecemos o serviço gratuitamente a dois lojistas e pedimos apenas uma avaliação em troca. Foram meses difíceis até receber a primeira rodada de investimento.”

 

Foi em outubro de 2015, quando a Konduto recebeu aporte, que a empresa conseguiu aumentar a equipe de até então cinco pessoas. Hoje, já conta com quase 100 funcionários.

 

O futuro da fraude

Em um país que é campeão em crimes cibernéticos e possui um volume enorme em golpes como o phishing e testes de cartão, não é possível vender online no Brasil sem contar com um antifraude. Ainda assim, anular completamente a ocorrência de fraudes é, para a frustração dos lojistas, impraticável.

 

“O antifraude é como um goleiro. Se ele faz as defesas, não fez mais que a obrigação. Mas se leva um frango, falam dele a semana toda…” brinca Canabarro.

 

Assim com os meios de pagamento, a fraude está em constante mudança. Mesmo com sistemas avançados de machine learning e inteligência artificial, o combate aos golpes é um desafio constante.

 

“Conforme os meios de pagamento evoluem, os fraudadores também desenvolvem os métodos para burlar o sistema. Eles sempre vão para onde o dinheiro vai”

 

Atuar ao lado de uma plataforma de pagamentos completa é, segundo Tom, fundamental para o combate à fraude. “O sistema da Konduto evoluiu e continua evoluindo graças à análise dos pedidos dos clientes dos mais variados segmentos que compõem o portifólio da PagBrasil, assim como as diversas formas de pagamento que a plataforma oferece ao usuário”, disse.

Para tentar mitigar os efeitos da fraude, uma das soluções é procurar se antecipar e ficar atento às “tendências”. A invasão de contas – muito em decorrência do vazamento de dados em grande escala – é uma delas. Para Tom, as novas formas de autenticação e o 3DS2.0 serão assuntos que ainda vamos ouvir falar muito na questão de combate aos golpes.

 

Fraud Day: o primeiro evento de prevenção de fraude

No dia 5 de março acontece a segunda edição do Fraud Day, o primeiro evento voltado para a prevenção de fraude. Tom conta que a ideia de promover um encontro especificamente voltado para esse assunto surgiu depois de perceber o interesse do público por conteúdos do setor ao participar de eventos sobre e-commerce e meios de pagamento. Foi então que, em 2019, a Konduto, , organizou o primeiro evento para profissionais de risco em pagamentos digitais, que superou as expectativas e contou com mais de 200 pessoas.

“No dia 5 de março, reuniremos 350 pessoas para mais um dia que com certeza será especial para o mercado da análise de risco”, completou.

Nosso CEO e cofundador Ralf Germer será um dos palestrantes da segunda edição do Fraud Day, com o tema: “Do papel carbono à tela do smartphone: como os meios de pagamento evoluíram em meio às fraudes?”. A palestra acontece às 10h50min. Participe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *