Tendências para o e-commerce em 2019

As vendas do e-commerce continuam crescendo de forma acelerada ao redor do mundo. Segundo a eMarketer, até 2021 devem ser alcançados aproximadamente USD 4.9 trilhões em vendas globalmente, representando 17,5% de todas as vendas do varejo.

 

Tendências para o e-commerce brasileiro em 2019

No Brasil, o segmento de e-commerce  volta ao ritmo de crescimento de dois dígitos, com uma previsão de aumento de 15% na receita em 2018. Com isso em mente, selecionamos algumas tendências para o e-commerce a serem observadas e seguidas em 2019 para aumentar as vendas online. Confira-as no infográfico abaixo.

 

tendências para o e-commerce

 

 

O futuro do m-commerce

Recentemente, nós colaboramos com o Relatório E-commerce Brasil 2019, da Ecommerce Foundation. Nosso CEO e cofundador, Ralf Germer, compartilhou seu ponto de vista sobre o futuro do e-commerce mobile, uma forte tendência para os anos seguintes.

“O m-commerce representa o futuro da indústria e-commerce no mundo todo. Em países como a Coreia do Sul e Reino Unido, o m-commerce já representa mais da metade de todas as vendas e-commerce”, explicou. O empreendedor ainda explicou que, entre 2011 e o primeiro semestre de 2018, o m-commerce cresceu mais de 10.000%.

Ainda, Germer espera que as redes sociais sejam um dos principais elementos que devem impulsionar as vendas no m-commerce. Atualmente, existem 130 milhões de usuários no Facebook e 64 milhões de usuários no Instagram no Brasil.

Com smartphones e planos de telefonia cada vez mais acessíveis, mais de 100 milhões de pessoas no Brasil que pertencem às classes sociais mais baixas têm acesso a internet. “Esses novos consumidores querem comprar coisas online, ter acesso à educação online, consumir conteúdo, contratar serviços via aplicativos ou se relacionar online. Os smartphones são a única forma que eles têm de se conectar à internet”, explicou.

Germer ainda explicou que, embora nem todos os brasileiros tenham um smartphone, 92% dos lares têm ao menos um dispositivo móvel. O uso de smartphones deve crescer exponencialmente, o que significa que lojas e-commerce não devem poupar esforços para entregar a melhor experiência mobile para seus usuários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *