Pix Offline
Pix Offline

Pix Offline: entenda mais sobre o novo recurso previsto

O Pix é um verdadeiro sucesso entre os brasileiros. De acordo com uma pesquisa realizada pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos), o Pix já atingiu a marca de 93,6 milhões de usuários cadastrados. Mais de 80% dos brasileiros com conta bancária já utilizam o Pix, de acordo com o Banco Central.

O Banco Central ainda prevê o lançamento de novas funcionalidades até o final de 2021. E um desses recursos é o Pix Offline, que permitirá que usuários enviem e recebam dinheiro sem a necessidade de uma conexão à internet.

 

Como vai funcionar o Pix Offline?

De acordo com o Presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, três tecnologias diferentes estão sendo avaliadas. No entanto, o mais provável é que o Pix Offline seja utilizado através de um cartão pré-pago de aproximação, similar à tecnologia usada nos cartões de ônibus. Com esse recurso, pagadores sem acesso fácil à internet poderão realizar operações com o Pix, beneficiando-se de todas as vantagens do pagamento instantâneo, como a confirmação imediata e disponibilidade 24/7.

 

Novas funcionalidades previstas para o Pix

Além do Pix Offline, o Banco Central ainda prevê o lançamento de mais recursos inovadores. O pagamento por aproximação com o Pix é um deles, que permitirá que usuários  imediatamente façam um pagamento utilizando a tecnologia NFC a partir de seus dispositivos móveis. Além disso, até 2022, o Banco Central também lançará o Pix Garantido, recurso que permitirá pagamentos parcelados com o Pix.

Leia também: Seis meses de Pix: o que vimos – e o que vem por aí 

Desde sua estreia em novembro de 2020, o Pix provou ser mais do que apenas um pagamento instantâneo, potencialmente se tornando a mais completa plataforma de pagamentos do Brasil. O pagamento instantâneo é ainda um dos sistemas financeiros mais sofisticados do mundo, sendo premiado no Fintech & Regtech Global Awards 2021 na categoria Payment Innovation (Inovação em Pagamento).

Quer saber mais sobre o Pix? Acesse nossa série de conteúdos sobre o assunto!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *