Pix Novas Regras | Pix New Rules
Pix Novas Regras | Pix New Rules

Pix: entenda as novas regras do pagamento instantâneo

Não é novidade alguma que o Pix, método de pagamento instantâneo do Banco Central, já conquistou milhões de brasileiros em menos de um ano de operação. Nos seus primeiros seis meses, as transações com a modalidade chegaram a movimentar mais de R$ 1 trilhão!

Leia também: Seis meses de Pix: o que vimos – e o que vem por aí

Desde seu lançamento, em novembro de 2020, o Pix passou por algumas melhorias – como o lançamento do Pix Cobrança, que agrega novas funcionalidades ao pagamento instantâneo. Agora, o meio de pagamento terá novas regras para garantir ainda mais a segurança de seus usuários e evitar ocorrências de fraudes e golpes.

 

Conheça as novas regras de segurança do Pix

O Banco Central anunciou recentemente novas regras de segurança nos meios de pagamento eletrônicos, incluindo Pix, TED e outras transferências bancárias. Entenda!

Limite de horário

De acordo com as novas regras, as transações ficam limitadas ao valor de R$ 1.000,00 das 20h às 6h. A medida vale para transações via Pix, TED e transferências para contas de um mesmo banco ou transferência com cartões.

Alteração de limites

As solicitações de aumento de limite deverão ser realizadas com 24 horas de antecedência. O pedido só será realizado após esse prazo. A nova regra tem o objetivo de garantir que os usuários solicitem o aumento somente quando realmente for preciso.

Limite por período

Os bancos passarão a oferece aos seus clientes a opção de definir limites diferentes para operações realizadas durante o dia ou à noite. É importante reforçar que essas alterações de limites devem ser solicitadas com 24h de antecedência, conforme mencionado acima.

Cadastro prévio de contas

Para consumidores que precisem realizar uma transferência acima do limite estabelecido, haverá a opção de cadastrar as contas que poderão receber o valor.

Carência do cadastro de contas

As contas cadastradas para receber um limite superior ao definido deverão ser incluídas com ao menos 24h de antecedência. Caso contrário, não será possível realizar o pagamento.

 

Confira mais medidas de segurança anunciadas pelo BC

Além das medidas anunciadas acima, o Banco Central anunciou outras regras para reforçar a segurança dos pagamentos eletrônicos. Assista ao vídeo divulgado pelo BC e entenda!

O Banco Central reforça que a quantidade de golpes que ocorrem é ínfima se comparada ao total das transações. Ainda assim, as novas medidas são importantes para reduzir ao máximo a ocorrência de operações fraudulentas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *