Esta página utiliza cookies para melhorar a experiência do usuário em nosso site. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com a coleta e uso das informações para garantir a melhor experiência de navegação. Para saber mais, leia a nossa Política de Privacidade.

Aceitar
3 anos de Pix
3 anos de Pix

Três anos de Pix: o que vimos e o que esperar para 2024

Em novembro, o Pix completou três anos. Confira os números do método de pagamento preferido do brasileiro e o que podemos esperar para 2024!

 

No dia 16 de novembro, o Pix completou três anos desde o seu lançamento – e o seu sucesso é inegável. Desde então, foram realizadas 66,5 bilhões de transações por mais de 158 milhões de usuários.

Não é difícil de entender o porquê de o método de pagamento ter tanto apelo entre a população. O Pix é gratuito, instantâneo, e fácil de usar – tornando-o mais prático que o próprio dinheiro em espécie, especialmente entre uma população tão digitalizada quanto o Brasil. Cerca de 81% dos brasileiros com mais de 10 anos de idade possuem internet em casa. Isso, somado aos mais de 160 milhões de usuários de smartphone, viabilizou a altíssima adesão do Pix entre a população.

De acordo com o presidente do Banco Central do Brasil, Roberto Campos Neto, o Pix impulsionou a bancarização do brasileiro e, ao mesmo tempo, contribuiu para a formalização da mão de obra. De acordo com relatório do Banco Central, em 2022, 82% da população brasileira já possuía acesso a serviços bancários, ante 57% em 2017.

 

Pix em 2024: o que vem por aí

Desde o seu lançamento, o Pix foi aprimorado com diversos novos recursos, como o Pix Saque, o Pix Troco e o Pix Agendado.

 Leia também: Pix em 2023: confira os principais avanços do método de pagamento no ano

Para 2024, uma das grandes expectativas é o lançamento do Pix Garantido, que promete o parcelamento via Pix. Além disso, também está previsto o Pix Automático, função que permite pagamentos agendados via Pix todos os meses.

Ainda na esteira de inovações previstas para 2024 estão o Pix Offline – que permitirá pagamentos com Pix sem conexão à internet, facilitando transações em pedágios, transporte público, entre outros – e Pix por aproximação para pagamentos via NFC.

Paula Martins is a journalist specializing in Marketing. Her areas of expertise include payment methods, digital payments, and e-commerce. Currently, ... Ver mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.