Configuração de pagamentos recorrentes com cartão de crédito

Os negócios que operam em um modelo de assinatura dependem dos pagamentos recorrentes para automatizar as cobranças. Os pagamentos recorrentes são cobranças automáticas que ocorrem regularmente, segundo um intervalo de tempo pré-definido, por exemplo, mensalmente ou anualmente. Diferentes tipos de negócios podem se beneficiar de disponibilizar pagamentos recorrentes aos seus clientes: de SaaS (Software as a Service) e serviços digitais como streaming de áudio e vídeo, mídia online, cursos online e clubes de assinatura a serviços mais tradicionais como seguros e planos de saúde.

 

Os brasileiros fazem muito uso de serviços por assinatura, principalmente aqueles da indústria de entretenimento. Por exemplo, quase 30% dos lares possuem TV por assinatura e a Netflix, Net e Sky juntas têm mais de 18,6 milhões de assinantes.

 

Apesar da popularidade dos negócios baseados em assinaturas no país, as empresas podem enfrentar algumas dificuldades para habilitar um sistema de cobrança recorrente. Estes são os principais motivos:

 

  • O débito automático em conta, normalmente a maneira mais frequente de configurar cobranças recorrentes em muitos países, não é uma opção fácil no Brasil. Atualmente, os bancos brasileiros tentam limitar o débito automático a pagamentos de serviços de consumo, como contas de luz e água.
  • O boleto bancário continua sendo a opção mais utilizada no segmento B2B e normalmente é a única alternativa para brasileiros não bancarizados. No entanto, os boletos não podem gerar cobranças automáticas, já que requerem que o comprador realize o pagamento eletronicamente ou em dinheiro em uma entidade autorizada.
  • Os cartões de crédito são a principal alternativa para pagamentos recorrentes B2C. Podem ser automaticamente cobrados de forma regular com a devida autorização do titular do cartão, mas também são uma fonte de pedidos de chargeback.

 
 

Como funcionam os pagamentos recorrentes com cartão de crédito?

 

Como indicado acima, a cobrança recorrente somente pode ser levada a cabo com a autorização do titular do cartão e isso normalmente ocorre no primeiro pagamento. Neste momento, o processador de pagamento irá salvar e tokenizar os dados do cartão. Os comerciantes terão acesso ao token, que poderá ser usado para realizar cobranças regulares no cartão do consumidor. O ciclo dos pagamentos recorrentes não será interrompido até que o titular do cartão decida cancelar a assinatura do serviço com a cobrança automática.

 

Os lojistas que utilizem a PagBrasil podem configurar pagamentos recorrentes com cartão de crédito, uma das opções da ampla gama de métodos de pagamento oferecidos pela empresa. O sistema do lojista simplesmente precisa enviar a transação via API com um parâmetro específico que avisará a nossa plataforma que a informação de pagamento precisa ser armazenada de forma segura para futuras cobranças. Esta informação será armazenada em nossos servidores que cumprem com os requisitos PCI DSS, o padrão internacional de segurança para processamento de pagamentos com cartão de crédito.

 

 

Conselhos para controlar as taxas de reembolso e chargeback

 

Apesar de que os pagamentos recorrentes com cartão de crédito possuem baixo risco de inadimplência e são convenientes para os compradores, eles têm a desvantagem de expor os comerciantes a mais solicitações de reembolsos e chargebacks. Acima de tudo, os lojistas precisam facilitar que os consumidores possam cancelar a assinatura e parar cobrança automática em qualquer momento. Cada processador de pagamento pode definir seus próprios requerimentos para habilitar a opção de pagamentos recorrentes em um negócio online. No entanto, os comerciantes que queiram manter as taxas de reembolso e chargeback controladas, deveriam fazer o seguinte:

 

  • Identificar claramente cada transação recorrente ao comprador.
  • Enviar notificações por e-mail antes de cada cobrança, preferivelmente incluindo informação sobre o valor a ser cobrado.
  • Proporcionar informação clara sobre a fatura bem como de qualquer cobrança relacionada com a entrega dos produtos e serviços.
  • Proporcionar fácil acesso à informação de contato do serviço de atenção ao cliente.
  • Dar ao assinante uma opção fácil para cancelar as cobranças recorrentes.
  • Disponibilizar no site um documento claro sobre as políticas de cancelamento.
  • Parar a cobrança automática imediatamente após a solicitação do comprador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment

  • VINICIUS SENA DE LIMA 8 de novembro de 2019

    Gostariamos de saber as taxas para Pagamento Recorrente.

Esta página utiliza cookies para melhorar a experiência do usuário em nosso site. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com a coleta e uso das informações para garantir a melhor experiência de navegação. Para saber mais, leia a nossa Política de Privacidade.

Aceitar