Bandeira de cartão Elo expande sua quota de mercado

A bandeira de cartão Elo, criada em 2011 como uma joint venture entre os três principais bancos do país, Banco do Brasil, Bradesco e Caixa Econômica Federal, continua sua expansão no mercado. Segundo um estudo da consultora Boanerges & Cia, a marca brasileira é especialmente popular para pagamentos a débito. Atualmente, 17,9% de todos os cartões de débito ativos são da bandeira Elo, representando 13,5% das transações com cartões de débito.

Visa e MasterCard ainda dominam o mercado de cartão. Em 2011, quando o mercado de adquirência deixou de ser exclusivo, com a Visanet (agora Cielo) processando somente Visa e Redecard (agora Rede) somente MasterCard, as duas bandeiras juntas tinham uma quota de mercado de 97,2%. No entanto, elas agora representam 80% dos cartões de débito ativos e pela primeira vez são responsáveis por menos de 85% das transações de débito (84,7%).

Com relação ao mercado de cartão de crédito, a predominância da Visa e MasterCard é mais evidente, concentrando 89,1% de todos os cartões de crédito ativos e 91,3% das transações. Elo chega na terceira posição, com 7% dos cartões ativos, seguida por Amex, com 2,6%.

Durante algum tempo Elo enfrentou dificuldades no mercado de cartão crédito pelo fato de seus cartões serem aceitos somente no Brasil. No entanto, desde julho de 2016 a bandeira é aceita internacionalmente. Graças a uma parceria com a bandeira Discover, os titulares de cartões Elo podem utilizar seus cartões em 39 milhões de estabelecimentos em 185 países. Além disso, também podem sacar dinheiro em aproximadamente 1,8 milhões de caixas eletrônicos ao redor do mundo. Como resultado da aceitação internacional, Elo espera elevar sua quota de mercado para 15%.

Segundo Boanerges & Cia, um dos principais desafios que a Elo ainda enfrenta se refere ao número de transações realizadas com seus cartões. O estudo indica que em ambas modalidades, débito e crédito, os cartões Elo são menos usados que os de outras bandeiras, tendo uma média de 8,8 transações por cartão de crédito e 13,6 por cartão de débito. Visa, por outro lado, tem uma média de 18,9 e 19,5 transações por cartão de crédito e débito respectivamente.

Esta página utiliza cookies para melhorar a experiência do usuário em nosso site. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com a coleta e uso das informações para garantir a melhor experiência de navegação. Para saber mais, leia a nossa Política de Privacidade.

Aceitar