Pix é seguro? | Is Pix safe?
Pix é seguro? | Is Pix safe?

Pix é seguro? Entenda mais sobre o novo método de pagamento

Conveniência e agilidade são benefícios já esperados do Pix, o novo método de pagamentos instantâneos desenvolvido pelo Banco Central, que estará disponível para a população a partir do dia 16 de novembro. Mas a dúvida é: o Pix é seguro?

Essa é uma preocupação que surge toda vez que um novo método, ferramenta ou plataforma de pagamento é introduzido ao mercado e à população. Para quem duvida se o Pix é seguro, a resposta curta é: sim!

Mas isso não quer dizer que o método de pagamento não poderá ser alvo de fraudes. Técnicas de phishing e engenharia social continuam sendo um problema, não importa a forma como o consumidor escolha pagar.

 

Quais fraudes poderão ocorrer com o Pix?

O cadastro das chaves Pix já foi iniciado no dia 5 de outubro. O Banco Central informou que já registrou o cadastro de mais de 30 milhões de chaves no Pix logo nos primeiros dias.

A novidade, que animou o mercado financeiro, também foi uma oportunidade para golpistas: até o dia 09 de outubro, mais de 70 domínios falsos já haviam sido criados para aplicar golpes nos consumidores, segundo a empresa de segurança digital Kaspersky.

Endereços como chavepix.me, pagarpix.com e pixempresas.com estão entre os domínios criados. Através deste link, encaminhado às vítimas por e-mail ou SMS, os golpistas têm acesso a dados sensíveis fornecidos pelo próprio usuário ou por meio do download de arquivos maliciosos que a vítima baixa no dispositivo.

Esse é só mais um exemplo dos inúmeros cenários de fraude que aplicam técnicas de phishing e engenharia social. Já vimos fraudes dessa natureza serem aplicadas em outras situações, com métodos de pagamentos já muito conhecidos pelos brasileiros, como o próprio boleto bancário.

 

Leia também: Como identificar um boleto fraudado

 

E essas práticas continuarão existindo com a entrada do Pix. Técnicas como o account takeover e SIM Swap são verdadeiras tendências em fraude; e, por se tratar de um método de pagamento instantâneo, prático e barato, o usuário terá menos tempo para refletir se está ou não sendo vítima de um golpe. Portanto, as recomendações e cuidados continuam sendo os mesmos: desconfiar de pedidos de empréstimos urgentes, não repassar dados pessoais via redes sociais e WhatsApp, e assim por diante.

 

O Pix é seguro para quem paga e recebe!

Mesmo com esses riscos, o método de pagamento possui diversas camadas de segurança. De acordo com nota divulgada pelo Banco Central, o Pix conta com os mesmos protocolos de segurança do Sistema Financeiro Nacional que já é utilizado hoje e que servem para TEDs e DOCs. Além disso, as transações com o Pix serão protegidas por criptografia e autenticação, além das camadas de segurança oferecidas pelas próprias instituições financeiras, como biometria, reconhecimento de íris ou facial, e PIN.

Quer conhecer mais sobre o Pix e como ele pode beneficiar o seu negócio? Acesse nossa página sobre o PagBrasil Pix e fique por dentro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esta página utiliza cookies para melhorar a experiência do usuário em nosso site. Ao clicar em "Aceitar", você concorda com a coleta e uso das informações para garantir a melhor experiência de navegação. Para saber mais, leia a nossa Política de Privacidade.

Aceitar