Pix
Pix

Pix: 10 perguntas e respostas sobre os pagamentos instantâneos no Brasil

Em 16 de novembro, o Pix, plataforma de pagamentos instantâneos desenvolvida pelo Banco Central, estará disponível para a população. Esse novo método de pagamento permitirá que as transações ocorram em menos de 10 segundos, 24h por dia, 7 dias por semana, incluindo aos finais de semana e feriados.

No entanto, a partir do dia 5 de outubro, usuários já poderão cadastrar suas chaves de endereçamento. Isso permitirá a eles o envio e recebimento de dinheiro utilizando somente um dado vinculado à conta, ao invés de ter que inserir manualmente todas os dados pessoais que são hoje necessários para realizar uma TED ou DOC – embora a alternativa permaneça disponível.

Para ajudar a guiar os usuários nesse processo, separamos algumas das principais perguntas e respostas sobre o Pix. Confira!

 

Quais instituições oferecerão o Pix?

Todas as instituições financeiras (IFs) e instituições de pagamentos (IPs) poderão oferecer o Pix aos seus clientes e usuários, incluindo fintechs. No entanto, instituições com mais de 500 mil contas ativas deverão aderir obrigatoriamente.

 

Quando os usuários poderão utilizar o Pix?

O Pix estará disponível à população a partir do dia 16 de novembro, como um método de pagamento adicional, ao lado das TEDs e DOCs. Essa opção estará disponível em canais que os usuários já utilizam, como os aplicativos de internet banking.

No entanto, o registro das chaves de endereçamento inicia a partir do dia 5 de outubro.

 

O que são as chaves de endereçamento – ou chave Pix?

A chave de endereçamento é uma forma de identificar a conta do usuário. Os usuários poderão utilizar quatro tipos de chave:

•    CPF/CNPJ

•    E-mail

•    Telefone de celular

•    Chave aleatória – um conjunto aleatório de números, letras e símbolos

Essa chave vincula a informação básica aos dados completos da conta do usuário, permitindo o envio e recebimento de dinheiro somente com a chave Pix.

 

Como os usuários podem cadastrar suas chaves de endereçamento?

Usuários poderão cadastrar suas chaves de endereçamento junto às suas instituições financeiras e instituições de pagamento. Para completar o registro, é preciso confirmar a posse da chave e vinculá-la à conta inserindo o código enviado pela instituição via SMS ou e-mail.

É importante destacar que, embora o cadastro da chave Pix não seja obrigatório, é altamente recomendável já que permitirá mais agilidade no envio e recebimento de dinheiro.

 

Como os usuários poderão enviar pagamentos com o Pix?

Usuários poderão enviar dinheiro utilizando a chave de endereçamento do recebedor, escaneando um QR Code ou inserindo as informações da conta do recebedor manualmente.

 

Como os usuários poderão receber pagamentos com o Pix?

Existem duas formas de receber pagamentos com o Pix: informando ao pagador a chave de endereçamento, ou gerando um QR Code.

Os QR Codes poderão ser tanto estáticos quanto dinâmicos. Com os QR Codes estáticos, o valor da transação não precisa ser necessariamente informado, o que significa que o pagador deverá inserir o valor; já o QR Code dinâmico exige que o valor seja informado pelo cobrador.

 

Qual será o custo para fazer um Pix?

O Pix será gratuito a pessoas físicas. Já para Pessoa Jurídica, o custo será muito inferior ao valor cobrado hoje para realização de uma TED.

 

Será possível fazer um estorno ou pedir o cancelamento de uma transação com o Pix?

Como a liquidação do Pix ocorre em tempo real, a transação não pode ser cancelada. Porém, é possível solicitar a devolução do valor ao recebedor.

É importante ressaltar que o pagador poderá alterar o valor a ser pago ou cancelar a transação antes da confirmação do pagamento.

 

Haverá um valor mínimo ou máximo para fazer um Pix?

Não há limite mínimo para transações com o Pix. Em geral, também não há limite máximo para transações, porém, os participantes poderão estabelecer limites máximos de modo a prevenir riscos. No entanto, esses limites não podem ser inferiores aos estabelecidos para outros meios de pagamento e nem consistir em limitação de uso do Pix para as características e perfil do pagador.

 

Após pagar ou receber um Pix, o usuário receberá algum comprovante de pagamento?

Sim. Ao concluir uma transação, um comprovante é gerado tanto para o pagador quanto para o recebedor. O comprovante gerado ao pagador conterá:

•    Número da ID/Transação

•    Valor da transação

•    Data e hora

•    Descrição da transação

•    Informações do destinatário

Você tem alguma dúvida sobre o Pix ou gostaria de compartilhar alguma informação interessante? Deixe um comentário abaixo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comments

  • ricardo monteiro 29 de setembro de 2020

    muito legal o seu site parabens pelo seu trabalho.

  • Sarkis Darakjian Neto 5 de outubro de 2020

    Como recebedor, onde foi gerado o comprovante do valor que recebi via PIX?
    Preciso do comprovante para anexar à NF de venda e fechamento de caixa.

    • Paula Martins 9 de outubro de 2020

      Oi Sarkis, tudo bom?

      Você poderá ter acesso ao comprovante de pagamento junto à instituição financeira onde você realizou ou recebeu o pagamento. Qualquer dúvida, sugiro que você entre em contato diretamente com a sua instituição financeira.

      Lembrando que o Pix estará disponível somente no dia 16/11.

      Abraço!

  • Sarkis Darakjian Neto 5 de outubro de 2020

    Onde pego o meu comprovante de recebimento via PIX?

  • Sarkis Darakjian Neto 13 de outubro de 2020

    Recebi a informação acima que
    O comprovante gerado ao pagador conterá:
    • Número da ID/Transação
    • Valor da transação
    • Data e hora
    • Descrição da transação
    • Informações do destinatário
    Como é gerado e enviado este comprovante?
    Por e-mail, mensagem pelo celular, outros?
    Este comprovante é enviado na mesma hora da transferência?

  • Adriano Gaved 13 de novembro de 2020

    Se eu recebo um PIX, quais informações vou receber do pagador?

    • Paula Martins 20 de novembro de 2020

      Olá Adriano,

      Ao receber um Pix, você terá acesso a um comprovante com as seguintes informações: destinatário, origem, descrição (opcional), ID Pix e valor do pagamento. O comprovante pode ser acessado no extrato da conta do recebedor.

  • Dieferson Vieira 15 de novembro de 2020

    Quando eu gerar a cobrança eu tenho como cancelar ou tem algum problema se não pagar?

    • Paula Martins 20 de novembro de 2020

      Olá Dieferson,

      Quando a cobrança é feita por pessoa física, não é preciso cancelar; não haverá incidência de multa ou juros para o pagador.

      No entanto, o BC anunciou recentemente o Pix Cobrança, uma função que permite que o recebedor gere um QR code incluindo mais informações além do valor cobrado, como multa, juros e descontos. A funcionalidade poderá ser usada por lojistas, prestadores de serviços, fornecedores e demais empreendedores. Entenda mais sobre o assunto: https://www.pagbrasil.com/pt-br/noticias/pix-cobranca-e-api-pix/

  • Adriano Gaved 20 de novembro de 2020

    O ID do PIX que vê quem paga é o mesmo que vê quem recebe?

  • Maria Veronica Corona Marchiori Cardia 20 de novembro de 2020

    Fiz uma transferência pelo pix, preciso do comprovante do pagamento. Onde encontro o comprovante?

    • Paula Martins 23 de novembro de 2020

      Olá Maria,

      Você consegue acessar o comprovante de pagamento através do aplicativo do seu banco, consultando o extrato.

      Sugiro que você busque um passo a passo mais detalhado no site da sua instituição financeira.

      Abraço!